Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

Dia dos Namorados!

Sao Valentim.jpg

Dia dos Namorados. O que é!?

Bom a esta altura (em que vocês lêm isto) já não devem acreditar nem no Pai Natal nem no Coelhinho da Páscoa, pelo que acho que não vos destruo os sonhos ao vos dizer que o dia dos namorados não é nada mais que um dia para se comprar flores mais caras para oferecer às namoradas; que é um dia em que alguns e algumas namorados(as) andam aflitos à procura de uma oferta de última hora que tenha significado ao outro(a); um dia em que é sempre uma boa desculpa para ir jantar fora (com restaurantes apinhados a uma terça-feira); ou para se fazer uma pequena escapadinha romântica, etc etc etc....

Os papás sempre pertenceram ao grupo que aproveitava e ia jantar fora a um sítio diferente de preferência e assim poder fugir à rotina! Mas oferecer presentes nunca foi nosso hábito. Parece cliché, mas é verdade (e espero que vocês venham ao longo da vossa vida a praticar esta semântica!), o amor deve ser praticado, cultivado, criado, amadurecido, ao longo de todo o ano, nos dias mais alegres ou nos menos tristes. Claro, se houver interesse em ambas as partes de fazer perdurar a relação.

Fazer um miminho só porque sim, oferecer um miminho sem qualquer razão aparente, telefonar só para dizer olá, jantar fora um dia por outro, mas ao longo de todo o ano e não apenas quando o calendário nos diz. Claro que é sempre bom e uma boa desculpa, mesmo que neste dia, fazer algo de diferente que não é habitual, mesmo que haja um sem número de casais a fazer exactamente o mesmo!

Às vezes até preferimos cozinhar em casa e ficar no descanso de casa que ir para a confusão de restaurantes nesse dia.

Este ano, desde há já umas semanas que o papá se tem fartado de trabalhar... vocês vêem-nos por alguns minutos de manhã e depois só no dia seguinte outra vez mais ao menos à mesma hora. Só têm tido os domingos completos com ele, porque também trabalha ao sábado. Tenta vir mais cedo à sexta e sábado para ainda vos ver, mas com a vossa rotina de ir para a cama às 8pm da noite mesmo assim acaba por não estar com vocês. Mesmo a mamã alguns dias tenta esperar acordada pelo papá, mas tendo em conta que vocês por vezes acordam durante a noite, eu tenho de ir dormir assim que possa, para compensar caso tenha que acordar. Então também eu já não o vejo!

Não vejo a hora desta busy season, terminar!

Bom, mas apesar de tudo, e lá está para ser apenas um fugir à rotina, o papá conseguiu vir jantar a casa com a mamã hoje. Chegou já passava muito das 9pm da noite, mas jantamos juntos, a mamã tinha feito também uma sobremesa, bebemos um vinho (oferecido) italiano (que a mamã adora!) e assim foi um serão diferente de todos das últimas semanas e das próximas que estão por vir... vocês dormiam sossegadinhos....

Mas passei o dia melhor que o papá de certeza, passei-o com vocês, meus dois pequenos Valentins... que já aprenderam a tocar harmónica, do vosso jeito e com o vosso folego... e por isso durante a tarde tocaram umas serenatas para a mamã! O máximo. Tocam, cantam e dançam! Vão ser um must em qualquer festa de verão em Portugal, qual dupla sertaneja (como diriam os amigos brasileiros!)