Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

O dia a dia em Fevereiro

058716C1-ADC5-435C-8875-9911AB1E49F1 (2).png

O tempo passa e nós melhoramos com o passar dos dias... um pouco de tosse aqui e ali... umas assoadelas acolá... mas nada que uma água do mar e vicks não resolvam...

E todas as noites, enquanto vocês adormecem, no escuro do quarto, com a música de embalar a tocar, faço um pequeno balanço diário...

Já não vos embalo para dormirem... cada um de vocês deita-se na sua cama e eu fico ali sentada no chão no meio das duas camas a descansar do dia, 'hipnotizada' pela música... Tenho coisas para fazer é verdade mas o corpo e a mente não respondem...! Preciso daqueles 5 minutos ali sem fazer nada, só a respirar! 

Musica.png

Estas últimas semanas têm sido difíceis... Esta altura do ano é sempre muito difícil... O papá e a mamã ficam esgotados... 

O papá tem trabalhado todos os dias das últimas 3 semanas até tardíssimo... madrugada mesmo... e como se isso não fosse suficiente ainda trabalha sábados e domingos... anda exausto!

Depois tivemos estes dias com vocês doentes... o que implica que não descansamos de noite, não conseguimos recuperar de uns dias para os outros!

Num destes dias, o dia em que o papá chegou mais tarde, 4h da manhã, vocês os dois resolveram acordar e vir para a nossa cama, os dois em filinha, pouco passava das 05h!!!! 

A mamã anda também cansada pois está exclusivamente com vocês todos os dias da semana e fim de semana sem poder dividir as vossas peripécias, birras e amuos diários!

Veêm o papá à sexta-feira porque ele vem mais cedo... e toma o pequeno-almoço connosco ao fim-de-semana... mas claro que é sempre pouco tempo...

Tão pouco tempo, que tu, Jake, o segues para a casa de banho... queres que ele esteja ali de mão dada contigo enquanto tu bebes o leite... e não queres sair do colo dele por nada... como te entendo pequenino!

A nossa rotina é parecida todos os dias... e nem por ser fim de semana faz com que seja diferente pois a rotina será semelhante a uma qualquer quarta-feira, por exemplo...

E enquanto à noite faço o balanço do dia não deixo de me sentir com o sentimento de dever cumprido! De rastos, cansada, quase a adormecer com vocês, normalmente sem jantar, mas sobrevivemos!!!!

Tentei mais uma vez vos deixar explorar ao máximo... que brincassem o máximo possível... tentei vos ensinar mais qualquer coisa... passeámos... riram... brincaram com as crianças do prédio... choraram... quiseram o brinquedo um do outro... quiseram estar constantemente a desafiar as minhas ordens e proibições...

Mas comeram todas as refeições e mais algumas... viram desenhos animados... tomaram banho, com direito a creme hidratante depois... brincaram... lavaram os dentes... penteaste-te Liam (gostas muito de te pentear com a escova da mamã)... e adormeceram...

Algures durante o dia ainda faço sopas.... almoços para o dia a seguir... jantar... etc.

Se já parece muito só de ler, resumidamente, imaginem se eu vos detalhasse mesmo o dia... com todas as vossas peripécias que me tiram do sério...

E se vos detalhasse as gargalhadas que também me fazem dar... as manifestações espontâneas de carinho entre vocês ou para comigo... nestas alturas esqueço birras passadas...

Mas a verdade é que me deito sempre de rastos, arrependida por não ter lidado melhor com alguma situação, ou por não ter tido mais calma noutra, ou a pensar se podia ter lidado com determinada situação de maneira diferente, mas sei que amanhã apesar da rotina ser a mesma vamos sobreviver e eu vou-me deitar mais uma vez orgulhosa por conseguir cuidar de vocês (infelizmente sozinha pois com o papá tudo seria melhor e mais divertido)!

Sinto-me de rastos (por vezes!), com umas olheiras gigantes, com uma cabeça pesada de sono, sem motivação para o dia, mas vá-se lá saber de onde vamos sempre buscar energias que pensávamos não ter mais! Por vocês conseguimos sempre mais... porque vocês precisam que cuidem de vocês, porque nós somos responsáveis por vocês, porque nós quisemos vos ter connosco a partilhar a nossa vida!

Por isso, por vocês nós temos sempre força... temos sempre coragem para enfrentar mais um dia... O papá arranja sempre energias para ir trabalhar mesmo com apenas um par de horas dormidas e assim continuar a construir um futuro para nós e ainda incluir sempre um tempinho todas as manhãs para estar com vocês e a mamã arranja forças para vos tentar proporcionar o melhor dia possível...

Por vocês e por mim (que também me faz muita falta!) desejo que este resto de Fevereiro passe num abrir e fechar de olhos, para podermos ter o papá de volta connosco aos fins de semana (que deveriam ser sempre os dias em família!).

Energia sem fim...

20160729_194547.jpgHá aqueles dias em que vocês brincam com todos os brinquedos que têm nas caixas! Perfeito! Ficam todos espalhados pela casa, mas consigo ir fazendo algumas tarefas domésticas...

Depois há aqueles dias em que a única coisa que vocês vêm à frente são as portas da sapateira (para tirar todo e qualquer sapato de lá de dentro!); são as gavetas da cómoda que abrem e fecham, que abrem e fecham, e começam a tirar de lá as roupas; são as portas dos armários da cozinha (algumas já presas com elásticos!); ou as portas do vosso armário que tem lá dentro o armazenamento de fraldas, toalhitas e afins; é o arrastar das cadeiras pela sala fora... estarei a esquecer-me de algo?!

Quanta vida têm vocês meus amores!!! É maravilhoso! Exausto, mas maravilhoso assistir à vossa evolução!

20160802_152634.jpgComeçam como tartarugas viradas ao contrário que só mexem as pernas e braços! Depois tartarugas de carapaça para cima mas sem sair do lugar! Continuam tal e qual tartarugas mas começam a gatinhar ou rastejar a saírem do vosso espaço! Para quando finalmente se põem em pé e se começam a deslocar para todo o lado agarrados às coisas parecem as tartarugas ninjas!

Acabo por me encontrar a maior parte do tempo sentada no chão com vocês, a prender portas e gavetas, a tentar distrair-vos com todo e qualquer boneco, algumas vezes sem surtir qualquer efeito, claro! Outras vezes um de vocês vem ter comigo e ficamos a brincar com a 'distracção' enquanto que o outro aproveita e sorrateiramente vai mexer onde o outro estava! É um jogo sem fim!

No fundo é uma boa estratégia vossa para me ter ali junto a vocês, os três sentados no chão. E como eu adoro receber os vossos beijos babados e os vossos abracinhos atabalhoados! Mais do Jake que o Liam não é ainda muito dado a beijinhos!

E como os vossos beijos não duram muito, depois começam a ser crescidos e já não dão beijinhos aos papás (em público!) agora aproveito todos: babados, de língua, de dentes, algum puxar de cabelos... sejam eles na bochecha, no queixo ou no pescoço...

E ao papá também não perdoam! Assim que o vêem entrar em casa vão ter com ele à velocidade furiosa e querem colo, e agarram-lhe nas pernas, puxam-lhe as calças, que ele acaba por ter de se baixar para vos dar miminhos ao mesmo tempo e vocês fazem-lhe logo uma placagem que até o derrubam! E ele que não gosta nada nada nada de entrar em casa e começar logo na brincadeira com vocês! Tomara ele vos ter acordados todas as vezes que entra em casa depois do trabalho!