Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

Escondidos...

Escondidos.jpg

Hoje foi um dia difícil....!

Hoje foi um dia que a mamã não estava na sua plenitude, estava cansada, com sono, aborrecida com tudo e todos!

Sim, porque apesar de vos contar muitas coisas boas e maravilhosas a vida não é perfeita! Para ninguém! Mas vai sendo perfeita para nós e à nossa maneira, por isso não digam nem deixem nunca que vos digam que a vossa vida não presta! Como qualquer auto-estrada que nos leva a caminho de umas maravilhosas férias tem buracos, lombas ou sobressaltos, assim é a vida também!

E uns dias melhores, outros dias menos melhores mas o importante é sermos felizes, sinceros, pessoas responsáveis e atenciosas para com quem merece!

A mamã não é a pessoa com mais paciência do mundo mas também não estou constantemente com os nervos à flor da pele que nem piolho eléctrico... mas em dias como o de hoje torna as horas mais lentas a passar... (claro que é tudo da nossa cabeça, pois as horas passam exactamente à mesma velocidade todos os dias) e por isso hoje tudo, de errado, que vocês faziam, explodiam uns neurónios no meu cerébro! Acabei o dia desfeita! Felizmente, tarde mas muito a tempo, o papá chegou e deu um grande abracinho à mamã, falámos muito sobre vocês (enquanto vocês dormiam, claro!) e no dia seguinte tudo estava bem!

E começou a ser difícil ainda durante a noite... já que vocês resolveram me deixar dormir apenas 4horas... se ainda não sabem, deixem que vos diga que a mamã precisa dormir um pouco mais ou fica rabujenta! E vocês terem acordado 2horas depois de eu ter adormecido super despertos prontos para o vosso dia, não ajudou nada! Fome não era! Água não quiseram! Fralda mudada mas não incomodativa! Porque é que vocês acordaram assim do nada? Primeiro um e depois outro?

Um aparelho qualquer para decifrar os choros e falas espanholadas era o que os pais em todo o mundo precisavam! Vão ser vocês a inventar? Porque se há alturas em que sabemos perfeitamente o que vocês querem só de olhar para vocês, tem outras que é uma branca completa. Ninguém vos entende na totalidade todas as vezes e duvido de quem me disser o contrário!

Depois claro que foi um dia que vocês tiraram para tentar abrir as portas dos armários da cozinha, irem para cima da mesa de centro, andarem sempre a querer o brinquedo um do outro (e choravam!), queriam ir para o quarto (e choravam!), queriam sair de casa (também eu!!!!)...etc

Sim, porque ainda não vos disse, mas Tu, Liam, já abres a porta da rua!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Uma das trancas já não é suficiente, porque assim que puxas o puxador a porta destranca e abre. Agora tenho que pôr a outra de cima que prende o puxador e não se consegue abrir a porta sequer....!

MAS, no meio deste stresse todo, no meio destes nervos e às vezes desespero, eis que ouço aquele som maravilhoso que qualquer pai gosta de ouvir: ouvir os filhos a rir...!

E espreito para ver o que estavam a fazer... a cena é a da fotografia acima!

Jake, tu, debaixo da mesa de centro e, tu, Liam do lado de fora a brincarem às escondidas! Um espreitava por um lado, outro pelo outro, e riam! E repetiam! Foi uma lufada de ar fresco naquele que estava a ser um dia difícil... deram-me ali uns minutos para me lembrar que vocês são pequenos e são crianças e que como todas as crianças estão treinados para nos levar à exaustão se queremos que vocês sejam perfeitos enquanto ainda não é tempo para tal...

Ainda não é na maioria do dia claro, mas vocês já fazem algumas brincadeiras a dois, já se divertem os dois, e riem, como é bom vos ouvir rir. Contagia-vos a vocês e a nós!

Vocês percebem muita coisa, e sabem onde não devem ir e onde não devem mexer... ainda não arranjei a técnica perfeita para vos fazer esquecer esses sitíos... mas como vos disse ninguém é perfeito! Pelo que a mamã tem de tentar arranjar mais paciência (ainda)! Mas ao fim de várias repetições, vários dias, várias horas no mesmo, acho que a paciência tem um limite...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.