Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

O Mundo dos Piratas

'And now here is my secret, a very simple secret: It is only with the heart that one can see rightly; what is essential is invisible to the eye', in Le Petite Prince

Macacos de imitação

Na mesa.jpg

Se vocês aprendem pela repetição de acções e palavras estamos no bom caminho. Principalmente pela repetição de acções, sejam elas para aprenderem ou não!

Vocês andam sempre os dois para todo o lado. Acordam quase sempre ao mesmo tempo das sestas e estão sempre no campo de visão um do outro.

Mesmo quando estão a ver desenhos animados, enquanto, Jake, ficas sossegado sentado no sofá o Liam passeia-se pela casa... e vai e volta...não ficas muito tempo longe apesar de prestares pouca atenção à televisão (poucos são os desenhos animados que te cativam ao contrário do Jake que até o jornal de notícias te chama a atenção!).

Mas então ultimamente parecem mesmo a sombra um do outro. Já não é novidade a questão das portas da cozinhas. Continuam a ir lá abrir e fechar, mesmo que agora com menos frequência. Um está num armário o outro noutro e depois trocam!

Felizmente já têm ido menos vezes ao móvel da televisão mas ainda assim se um está em pé lá à frente, o outro vai-se pôr ao lado!

Andamos novamente numa fase descalça, sem meias e sem pantufas. Tu Liam, transpiras muito dos pés. E a casa tem estado suficientemente quente para não precisares de nada. E se o Liam não tem nada calçado, o Jake também não quer, óbvio!

Normalmente, para as refeições, sento-vos nos bumbos lado a lado para ser mais fácil dar uma colher a um, colher a outro! Mas é como se estivessem sentados frente a frente!

O Liam põe as mãos na cabeça, Jake pões as mãos na cabeça;

Se calham de ter algum brinquedo na mão, o Jake esconde o brinquedo atrás das costas e pergunta (na vossa língua) 'onde está?', Liam escondes o teu brinquedo e perguntas o mesmo, e passam a refeição toda nisto!

Jake tapas os ouvidos com os dedos (não sei porquê mas fazes-me lembrar o Shrek) e começas nos 'ta ta ta ta ta', o Liam vai e repete a mesma figura, e ficam entre colheres a ouvir o eco da vossa voz na vossa cabeça!

Um grita pela casa fora... o outro repete....

Liam corres pela casa fora.... Jake vais correr pela casa fora atrás dele... e é bom que não te ponhas à frente dele ou ele 'inocentemente' te derruba... e fazem maratonas...

As mochilas, assim que um vê que o outro está a pedir para pôr a mochila às costas, o outro começa rapidamente a procurar em todo o lado a outra mochila...

Mochilas.jpg

Se um tosse, o outro tosse. Com esta pequena idade e já sabem fingir que têm tosse ou que se estão a engasgar para não comerem mais. Tosse fingida! E claro que se um tosse, o outro subitamente também tem qualquer coisa na garganta e tosse também! E olham um para o outro e entre tossidelas riem-se! A novidade: Viram-me uma vez a tossir com a mão à frente da boca, então, quando se lembram, tossem (fingidamente ou não) com as costas da mão viradas para a boca! Um mimo, muito bem educados!

Se Liam decides ir brincar com os cintos do bumbo, prender e desprender, o Jake lá vai e arrasta a outra cadeira para fazer o mesmo!

Um corre para se pôr em pé em cima do sofá ou da cama, o outro em versão acelerada vai e repete....

Ah! muito engraçado, um de vocês dá uma cabeçada nalgum sítio (nada de grave, só uma trolitada) vem a correr ter connosco, a esfregar a mão na cabeça, para nós passarmos a mão na vossa cabeça e afastar a dor! Se o outro vê, das duas uma: ou encosta a cabeça em qualquer lado muito devagarinho para não se magoar e vem ter connosco para receber a mesma festa na cabeça ou simplesmente sem tocar com a cabeça em lado algum vem ter connosco a 'gemer' a esfregar a própria cabeça como se de facto se tivesse magoado para receber a mesma festinha na cabeça!

Ou, mais interessante ainda, quando pisam algum brinquedo (que é a cena mais provável tendo em conta a tremenda bagunça que fazem), vêm ter connosco a 'gemer' da cabeça para vos fazermos festinhas! Não importa onde é a dor desde que façamos festinhas na vossa cabeça!

O que sempre pensamos que pudesse acontecer é óbvio que acontece, que é quando um quer colo o outro também começa logo a esticar os braços! Vantagem quando estamos os dois, cada um corre para os braços que tiverem vagos. Desvantagem quando está só um de nós, principalmente a mamã, que já não tem força de braços para pegar em vocês ao mesmo tempo, meus pequenos chumbinhos! Resultado ou vos pego à vez e enquanto um ri o outro chora; Ou me sento no chão e se senta cada um em cada perna. Vocês gostam mais da primeira versão, claro! Querem colo para observar tudo o que lá de baixo não conseguem ver!!

Tento que vocês só usem xuxa para dormir. Assim que saem da cama tiro-vos a xuxa. Mas se o primeiro a sair do berço, não trás a xuxa, mas o segundo trás, o primeiro saí em busca da xuxa perdida provavelmente no meio da cama! E não se cala enquanto não tiver a xuxa na boca! Jake, chegas ao cumulo (sim tu que és um amante de xuxa desde quase os primeiros dias de vida!) de tirar a xuxa da boca do Liam caso não encontres a tua. E pronto, problema resolvido, 'o Liam pode chorar eu é que não', deves pensar...

E depois há ainda o trabalho de equipa. O Liam abre a porta da casa de banho e Jake entras disparado lá para dentro ignorando por completo o meu chamamento! Encontram calçado nosso, um calça um sapato o outro calça o outro. Ou tentam pelo menos!

Liam arrastas uma cadeira e Jake sobes lá para cima. Ah! sim esta é uma nova habilidade (perigosa!). Sobem para cima das cadeiras e ora se põem em pé e tentam chegar ao que está em cima da mesa ora se sentam como qualquer adulto normal, mas que para vocês ainda consiste num pequeno (grande) perigo se caem de lá de cima desamparados!

Os legos, já vos contei à pouco tempo, que se um atira uma remessa de legos o outro não se fica atrás... e riem pois está claro!

Num destes dias estava a preparar uma sopa para vocês na cozinha e vejo o Jake a chegar ao corredor com um cavalo pelo pescoço, põe-o no chão e senta-se em cima! O Liam calmamente a apreciar a cena no fim vai ao puff, arrasta o outro cavalo para perto do Jake, e pumba, senta-se em cima!

Jake.jpg

Liam.jpg

O carrinho que está ali encostado num canto da casa, aberto, sempre pronto a sair, tem duas bolsas grandes de arrumação! E volta e meia atiram lá para dentro brinquedos que depois entretanto se esquecem que lá estão! Um dia destes, depois de atirarem legos lá para dentro, mais tarde o Jake passou por lá e vi-os lá dentro. Bom, quando olhei só vi as perninas do Jake a abanar ao alto... a cabeça mais pesada que o corpo tombou lá para dentro! Sem mazelas ou nódoas negras. Tirei-te de lá para fora, vi que estavas bem e continuei o que estava a fazer! Quando olhei novamente, porque me chamou a atenção os vossos risos, estavam os dois de rabo para o ar e pernas a abanar enfiados para dentro do carrinho!!!!!

Stroller.jpg

Tudo, é brincadeira, mesmo! E quando vos faz rir inocentemente e à gargalhada mais diícil depois é de vos tirar o sentido daquilo que estão a fazer e que às vezes não é o mais adequado!

Se tu fazes, eu faço! Se tu podes, eu posso! Se não podemos, fazemos na mesma só porque é divertido e vai pôr os cabelos dos papás em pé! Boa? Boa! 

A minha janela

Mimo.jpg

Já vos disse que adoro o nosso carrinho novo!? Já! Acho que ainda não disse vezes suficientes ao papá! É que foi mesmo uma boa escolha!

Além do que vocês possam sentir, que do que eu vejo, só pode ser felicidade, está o prazer que realmente me dá ver-vos interagir um com o outro e com tudo o resto que vos rodeia!

Da minha 'janela', ou seja da janela da capota do carrinho, estou constantemente a ver-vos. Vejo-vos a apontarem, a olharem para todo o lado, a verem os pássaros no céu, ou os aviões ou helicópteros, os cães que vêm na vossa direcção, ou quando olham um para o outro, ou quando estendem a mão um ao outro ou quando dizem adeus a alguém com quem simpatizam (o que é raro!), ou quando olham para mim...

Manos.jpg

No outro carrinho eu sei que quase tudo isto era possível, mas não era tão fácil... o detrás não tinha uma visão tão ampla... o da frente estava mais longe de mim... e sem dúvida que não era possível a vossa interecção!

Já vos vimos dar as mãos, já vos vi fazerem cócegas (ao vosso jeito) um ao outro, a 'empurrarem-se' um ao outro, a partilharem ou roubarem bolachas um ao outro, a deitarem a cabeça no ombro um do outro, ou a tentarem dar um abracinho...

Janela.jpg

Estes momentos não têm preço... e tento gravá-los a todos para o papá que passa (infelizmente) mais tempo longe de vocês não os perca também... mas para que vocês um dia os vejam também e saibam o quanto vocês gostam de estar um com o outro...

Janela_.jpg

Janela__.jpg

Já estão mais que habituados a estarem sempre os dois. Que quando um acorda primeiro que o outro, andam sempre à procura a ver onde está o mano escondido e tentam acordá-lo, claro!

Onde está um, está o outro e raros são os momentos que um está na cozinha e outro na sala fora do alcance visual um do outro.

Espero que acima de tudo sejam sempre amigos e que confiem um no outro e se ajudem quando assim for preciso! E quando estiverem chateados, porque como é óbvio irá acontecer uma vez por outra, vejam estes momentos e se lembrem do básico que é dar um abraço e um mimo e tudo se resolverá... pela ordem natural das coisas os papás serão estrelinhas no céu muito primeiro que vocês pelo que terão que se apoiar, respeitar e amar sempre um ao outro.  

Acho que temos que comprar uma GoPro para ter sempre presa à testa. Hoje queria ter uma para vos filmar. Como ainda vos faltam nascer dentes, mais a ti Liam do que ao Jake, volta e meia andam com brinquedos ou dedos na boca. Algum dente deve estar ali a moer e vocês sentem desconforto. E hoje no passeio, não sei se era um desses momentos de desconforto ou simples hábito, tu, Jake, ias com o teu dedo indicador da mão esquerda na boca. E eu chamei-te e disse para tirares o dedo da boca, porque depois ficas todo babado e molhado. Ao fazer isto o Liam apercebeu-se do que estavas a fazer e colocou também o dedo dele indicador da mão direita na boca. Só porque sim! Nem adiantava dizer mais nada pois começaram logo a rir-se a olhar um para o outro. Se vos dissesse alguma coisa neste momento só ia aumentar a galhofa! Eis que então, da minha 'janela' vejo-te Jake a entenderes o teu dedo indicador cheio de baba para o Liam. E pensei: 'Nããããão!' E o Liam aceita o teu dedo babado e estende-te igualmente o dele! E lá vão os dois por uns segundos cada um com o dedo do outro na boca!

Cena linda! Ao mesmo tempo que é yucky é agradecer para nenhum estar doente ou estar num infantário. Pois imagino que num 'infectário' isto seja recorrente e daí se encontrarem crianças doentes em cadeia!

Mas pronto uma situação inofensiva e ao mesmo tempo engraçada e é mais uma para mais tarde vos recordar!

Legos

Twins cozinha.jpg

Têm duas caixas cheias de brinquedos que hoje em dia pouco lhes ligam. De vez em quando vão lá espreitar a ver se algum brinquedo vos interessa.... ou vão lá se sentar servindo a caixa de banco... ou simplesmente pegam na caixa e derrubam os brinquedos todos lentamente pelo chão fora!

Ok, estão a crescer e os brinquedos que outrora vos agradava deixa de fazer o mesmo efeito, entende-se!!

Mas assim limitamo-nos aos mesmos brinquedos parecendo assim que têm poucos! Dica aos papás: temos de renovar o stock trocando os 'velhos' por novos!

Então para além dos livros andam sempre de volta dos legos! Tinham poucos, um conjunto que vos foi oferecido nos anos, e por isso comprámos mais para assim juntar à colecção.

Tenho relembrado, ao brincar com vocês, o quanto em pequena gostava de brincar com os legos. Espero que vocês também venham a continuar a gostar pois é muito giro. E hoje em dia o mundo Lego é extraordinário!

A colecção Lego Duplo tem como função ter peças maiores para as vossas pequeninas mãos ao mesmo tempo que pretemde ser educativo, pois as peças têm imagens de objectos, números ou letras que vos permite ir aprendendo!

Creations.jpg

Por agora vocês adoram duas coisas, basicamente: Fazer torres ou atirar as peças ao chão fazendo o maior barulho possível!

A sério, ou esta casa é muito bem isolada ou os vizinhos são de uma extrema simpatia ou surdez! É que o barulho de legos a serem espalhados num chão de madeira às 07h da manhã não deve ser nada melhor que o bip bip de um qualquer despertador! E a verdade é que até hoje ninguém nunca nos disse nada de nada!

Bagunca.jpg

Bom, na lavandaria uma vizinha uma vez peruntou-me se eu era a mãe dos gémeos... respondi orgulhosa que sim, mas julgo que o tom de questão dela seria mais de acusação... mas nada mais disse pelo que acho que estamos bem!

Durante o dia ora vos tiro os legos quando os começam a espalhar em todas as divisões da casa... ora vos dou e sento-me com vocês a fazer as mais espectaculares criações que vocês destroem no segundo a seguir a dar por terminado! Mas não faz mal que enquanto destroem as minhas, tentam fazer as vossas e assim treinam a vossa imaginação!

Um dia com calma tenho de juntar todas as peças dos 3 conjuntos de Legos que têm a ver o que falta. Pois acho que ao fim do dia quando arrumo os Legos cabem sempre mais Legos dentro da caixa o que significa que os outros estão a ficar escondidos em vários buracos da casa!

Jake, tu tens mais paciência para brincar sossegado durante mais tempo que o Liam e por isso tentas ser mais imaginativo no que estás a tentar criar! Liam, tu de facto tens bichinho carpinteiro que só queres fazer uma torre suficientemente grande para te pores a mexer dali para fora deixando-nos sozinhos no chão! Vais e voltas e o Jake ainda ali está, peça para a frente, peça para trás, até se chatear e depois vai peça para todo o lado!

Jake bengala.jpg

Jake.jpg

Jake_.jpg

Jake__.jpg

Liam.jpg

Liam_.jpg

É um processo! Faz parte! Estão a aprender! São pequeninos! Ainda não sabem mais! Repito e repito e repito várias vezes ao dia a ver se entranha pois às vezes é muito aborrecido repetir vezes sem conta o que não devem fazer, vendo que estou a ser ignorada e que basta um se rir para o outro se rir e desatam a rir os dois e quem chora sou eu porque estou para aqui sozinha sem par! Claro que adoro esta vossa química, empatia e cumplicidade mas quando vos estou a educar em algo que considero importante e vejo que vocês se estão a rir como que a ouvir o Donald Duck (que vos faz rir) é desmotivante!

Brincando.jpg

Twins.jpg

E tudo começou com os Legos! Será que vos vou criar tanto interesse pelos Legos que um dia vamos de ter uma divisão da casa apenas para as criações dos Legos? Aquelas cidades infinitas? Ui.... era giro, mas creio que incomportável... Ai se descobrirem o verdadeiro mundo Lego (quando chegar a idade!!!)

Sunshiny day

Baloiços.jpgGostava muito que vocês ouvissem a minha ordem quando chamo pelo vosso nome!!!

Mas neste momento estão numa fase surda em que eu chamo e chamo e chamo e vocês só olham para mim quando vos apetece ou quando perderem o interesse no que estão a fazer!!!

Passa fase, por favor passa esta fase, pois assim lamentavelmente não podemos ir tantas vezes ao parque quando estão mais do que meia dúzia de pessoas! Nem pensar que vos solto, para ir cada um para seu lado, e depois para nenhum vir ter comigo quando chamo por vocês, e porque os meus olhos não vos conseguem seguir aos dois ao mesmo tempo e sei lá o que acontece nesse entretanto!

É mesmo pena pois vejo (e vocês também) como os outros meninos andam a correr de um lado para o outro e porque vejo a vossa própria alegria nas vezes que vos solto ou quando vamos com o papá...

Por isso vou passando à porta do parque e espreito lá para dentro a contar as cabeças de adultos que lá andam...

E hoje foi um desses dias! Se estavam 3 adultos e 3 crianças naquele parque era muito! O parque felizmente estava vazio (para as vezes que costuma estar apinhado!) e por isso lá fomos nós!

Estava um dia fresco de 3ºC, mas vento muito fraco, sem uma única nuvem no céu, sem previsão de chuva ou neve, sol quente o suficiente, um dia mesmo excelente!!!!

Como é da praxe lá fomos nós para os baloiços, que vocês tanto gostam, todos à nossa disposição!! Quando se fartaram tirei-vos e deixei-vos livres e soltos como gostam!

Andaram, correram, caíram, gritaram, riram, não sabiam para que lado se virar... Entretanto chegou uma menina para os baloiços e tu, Jake (como também é da praxe) lá foste meter 'conversa' com ela! Acho que ela não gostou muito dos teus 'ta ta ta ta ta' (ou não falava a mesma língua) pois não te deu grande resposta e estava muito quieta e parada! Percebi que a estavas a incomodar...

Entretanto Liam, a uma distância segura deles os dois, apreciavas a cena estando preparado para ajudar o Jake caso ele precisasse ou chamasse por ti, mas dentes ou sorriso nem vê-los.

Fomos então para os relvados! Não sem antes espernearem pois não queriam ir para o carrinho fazer o pequeno percurso dos baloiços até ao relvado (1 minuto se tanto!).

Claro que assim que vos soltei novamente foi logo um para a esquerda e outro para a direita. Mas como só estávamos nós foi fácil de coordenar. (E caso seja preciso, pego no Jake debaixo de braço, como aconteceu, e dou uma corrida a mudar a direcção do Liam que já se está a esticar!)

Chamei-vos a atenção para o bloco de gelo ali ao lado e isso entreteu-vos mais uns segundos. Tentaram jogar à bola com pedaços de gelo soltos. Não levei nenhuma bola pois não ia a contar brincar no parque, mas daqui para a frente acho que tenho de ter sempre uma bola no carrinho.

Bola gelo.jpg

Jake.jpg

Liam gelo.jpg

Liam.jpg

Twins gelo.jpg

Sentámo-nos para comer bolachas e nem assim Liam consegues ficar muito tempo sossegado, ó bicho carpinteiro!!

Tentar tirar-vos fotos hoje em dia é outra aventura! 'Olha a mamã!', 'Olha aqui!', 'Liam!', 'Jake!'... e olham sempre no sentido contrário onde estou! Todas as fotos hoje em dia estão boas para partilhar no facebook pois ou estão a olhar para o lado, ou de costas, ou desfocados ou em movimento!

Twins.jpg

Apesar de tudo passamos ali um bom bocado e assim já tornou o nosso passeio de hoje diferente e agradável. Chegaram a casa e em menos de nada estavam a dormir a sesta! Assim fosse possível fazermos isto todos os dias!!!!!! 

NYC.jpg

 

Eles e as mochilas

Eles e Mochilas.jpg

Em tempos uma boa amiga da mamã ofereceu-vos uma mochila com produtos maravilhosos (e cheirosos) da Uriage. A mochila serviu para trazer de Portugal para cá, muita coisa que vos tinha sido oferecido (inclusivé os produtos Uriage!).

Das poucas vezes que fomos ao parque na primavera e verão passados, serviu para levar um par de brinquedos para cada um.

Sempre que fomos de férias, Miami, Boston, Washington DC, a mochila lá ia carregada de brinquedos!

Até que vocês perceberam que aquilo servia para pôr às costas! E claro que tudo o que é novidade vocês querem, os dois e ao mesmo tempo!

Entre brincadeira aqui e ali, lá foram pondo a mochila às costas à vez!

Por isso quando o tio Pedro nos perguntou no natal se havia alguma coisa que vos estivesse mesmo a fazer falta, me lembrei de lhe dizer, compra duas mochilas! De facto não é que vos estivesse a fazer falta! Mas pensando na próxima primavera e verão, ou nas próximas férias, que vocês já estão maiores e já percebem mais as coisas e que querem cada vez mais o que o outro também tem, fará falta! E se não for para agora no imediato irá fazer falta no futuro na mesma!

E então entre tantos outros presentes que ele vos ofereceu lá estavam as mochilas. Fofas, por sinal, mas ainda grandes! Uma do Mickey (claro!) e outra do Pluto, em 3D. Giras!

Mas claro que quando as receberam gostaram dos bonecos mas não mostraram grande entusiasmo! Ainda assim Liam tu quiseste logo pôr uma às costas (lembram-se do post do natal? está lá a foto!)

Mas as mochilas vieram connosco e foram arrumadas no roupeiro até serem precisas.  

Um dia destes andava a tentar dar uma arrumação nas vossas roupas, entre as que servem, as que vão servir daqui a nada e as que já não servem e vocês descobriram as mochilas, depois de se cansarem de espalhar roupa no chão ou tirar roupas devidamente arrumadas das gavetas.

Quase que instantaneamente se lembraram que as mochilas são para pôr às costas e não se calaram enquanto não as pus às vossas costas.

E lá andaram vocês de um lado para o outro da casa, sobe cama, desce cama, sobe sofá, desce sofá, brinca aqui e ali, sempre com as mochilas às costas. Se coubessem sentados nos bumbos com as mochilas às costas nem as tinham tirado para jantar!

Jake.jpg

Liam.jpg

Confesso que ao mesmo tempo que me dá vontade de rir de vos ver de mochila às costas todos contentes me deixa de quase lágrima no olho, de imaginar um dia vocês no vosso primeiro dia de escola, a sairem do meu ninho!!!!!!!

E agora cada vez que vou ao roupeiro se calham de bater os olhos nas mochilas lá vão vocês cada um agarra na sua (curiosamente Liam agarras no Mickey e tu Jake agarras no Pluto) e lá vão vocês a correr casa fora. Algumas vezes vão para a porta tentar abri-la outras vezes fazem as vossas brincadeiras normais ignorando o facto de terem a mochila tal e qual uma tartaruga com a sua carapaça às costas...

Tanto que esta noite para vos sossegar um pouco antes de começarmos o ritual para ir dormir vos deixei ver desenhos animados um pouco. E de repente é que olhei aos vossos preparos: os dois muito bem sentados no sofá, muito direitos, sossegados a olhar a televisão, caladinhos mas cada um com a sua mochila às costas como se nada fosse! Achei o máximo!!!!!

Claro que o tio Pedro, já ficou mais contente por estarem a começar a apreciar a oferta dele, mas pode esperar para um dia vos ver sair da porta do aeroporto cada um pelo seu próprio pé e cada um com a sua mochilinha às costas! Devem ficar o máximo!!!!

Dia dos Namorados!

Sao Valentim.jpg

Dia dos Namorados. O que é!?

Bom a esta altura (em que vocês lêm isto) já não devem acreditar nem no Pai Natal nem no Coelhinho da Páscoa, pelo que acho que não vos destruo os sonhos ao vos dizer que o dia dos namorados não é nada mais que um dia para se comprar flores mais caras para oferecer às namoradas; que é um dia em que alguns e algumas namorados(as) andam aflitos à procura de uma oferta de última hora que tenha significado ao outro(a); um dia em que é sempre uma boa desculpa para ir jantar fora (com restaurantes apinhados a uma terça-feira); ou para se fazer uma pequena escapadinha romântica, etc etc etc....

Os papás sempre pertenceram ao grupo que aproveitava e ia jantar fora a um sítio diferente de preferência e assim poder fugir à rotina! Mas oferecer presentes nunca foi nosso hábito. Parece cliché, mas é verdade (e espero que vocês venham ao longo da vossa vida a praticar esta semântica!), o amor deve ser praticado, cultivado, criado, amadurecido, ao longo de todo o ano, nos dias mais alegres ou nos menos tristes. Claro, se houver interesse em ambas as partes de fazer perdurar a relação.

Fazer um miminho só porque sim, oferecer um miminho sem qualquer razão aparente, telefonar só para dizer olá, jantar fora um dia por outro, mas ao longo de todo o ano e não apenas quando o calendário nos diz. Claro que é sempre bom e uma boa desculpa, mesmo que neste dia, fazer algo de diferente que não é habitual, mesmo que haja um sem número de casais a fazer exactamente o mesmo!

Às vezes até preferimos cozinhar em casa e ficar no descanso de casa que ir para a confusão de restaurantes nesse dia.

Este ano, desde há já umas semanas que o papá se tem fartado de trabalhar... vocês vêem-nos por alguns minutos de manhã e depois só no dia seguinte outra vez mais ao menos à mesma hora. Só têm tido os domingos completos com ele, porque também trabalha ao sábado. Tenta vir mais cedo à sexta e sábado para ainda vos ver, mas com a vossa rotina de ir para a cama às 8pm da noite mesmo assim acaba por não estar com vocês. Mesmo a mamã alguns dias tenta esperar acordada pelo papá, mas tendo em conta que vocês por vezes acordam durante a noite, eu tenho de ir dormir assim que possa, para compensar caso tenha que acordar. Então também eu já não o vejo!

Não vejo a hora desta busy season, terminar!

Bom, mas apesar de tudo, e lá está para ser apenas um fugir à rotina, o papá conseguiu vir jantar a casa com a mamã hoje. Chegou já passava muito das 9pm da noite, mas jantamos juntos, a mamã tinha feito também uma sobremesa, bebemos um vinho (oferecido) italiano (que a mamã adora!) e assim foi um serão diferente de todos das últimas semanas e das próximas que estão por vir... vocês dormiam sossegadinhos....

Mas passei o dia melhor que o papá de certeza, passei-o com vocês, meus dois pequenos Valentins... que já aprenderam a tocar harmónica, do vosso jeito e com o vosso folego... e por isso durante a tarde tocaram umas serenatas para a mamã! O máximo. Tocam, cantam e dançam! Vão ser um must em qualquer festa de verão em Portugal, qual dupla sertaneja (como diriam os amigos brasileiros!)

 

Nem a neve nos pára....

Passeando.jpg

Pois bem, confirmou-se que ontem lá nevou, depois de um dia de sol e calor!

Havia alertas! Os limpa-neves estão todos prontos e apostos a entrar em acção. As pessoas a encherem as despensas de comida! Vinha aí o NIKO, o nome da tempestade!

Sim de facto veio a neve, nalguns sítios, como sempre, caiu mais do que em outros... mas ao final do dia, as estradas estão limpas, e até os passeios pareciam circuláveis. Pelo menos era o que nos parecia visto do telhado!

Central Park West.jpg

Central Park.jpg

Landscape.jpg

Mama.jpg

Mas bom, bom, bom mesmo, foi o papá ter ficado em casa! Claro que esteve na sala multimédia lá em cima no terraço a trabalhar pois em casa era impossível. Juntava-se o útil ao agradável. O papá com pouca vontade de trabalhar e ir brincar com vocês; e vocês sempre agarrados às pernas dele a tentarem chamar-lhe a atenção. Mas ainda assim foi possível ele almoçar connosco e à tarde, antes do vosso banho, fomos lá acima buscar o papá ao trabalho. Hahahaha, sentido figurativo, claro!!!

Mas vocês adoram quando saem porta fora pelo vosso próprio pé a caminho do elevador... é de uma algazarra só!

E como ontem nos pareceu que as ruas estão transitáveis hoje lá saímos nós à hora mais ao menos habitual para o nosso passeio.

De facto a neve estava 'arrumada' na beira dos passeios e das estradas, sendo possível circular pelo meio. Contudo o problema estava em atravessar as estradas!

NYC Streets.jpg

Aqui na cidade quase todos são os passeios que estão rebaixados para que carrinhos de bebé ou cadeiras de rodas possam facilmente atravessar a estrada sem ter que se estar constantemente a elevar rodas da frente e depois as detrás!

O problema é que essa parte dos passeios deve ser terra de ninguém, pois muitos eram os que não estavam limpos. E aqui sim tivemos problemas.

O carrinho é largo, e algumas das aberturas que estavam criadas para se atravessar por entre a neve era demasiado estreita para um carrinho de um só bebé quanto mais um duplo.

Nalguns passeios, tive de voltar ao cruzamento anterior pois não conseguia passar nem para a frente nem para o lado. Ora o caminho não era largo o suficiente ou não havia sequer caminho aberto.

Tive de pedir ajuda a um senhor que puxasse pelo carrinho à frente pois nesse passeio havia uma fina camada de gelo e assim que pus o carrinho a tentar passar por aí, único caminho possível para sair da estrada, começou a deslizar para o lado esquerdo atascando do monte de neve ali ao lado!

Enfim, pensei em desistir e voltar para casa! Mas já tínhamos feito umas quantas ruas, a vossa mamã maluca pelo Central Park tinha de o ir ver como estava depois da neve, e já estávamos ali tão perto que continuamos a ir em frente.

Ora voltávamos atrás, ora tínhamos de mudar a rota, mas lá fomos e viemos, e fizemos o nosso passeio com mais ou menos aventura.

O carrinho, não anda muito bem na neve ou gelo, mas não é esta pequena situação que nos pára ou que me faz gostar menos do carrinho, que adoro por sinal!!!!!

Com os vossos fatos de esquimó, mais as luvas, mais os gorros, mais os kispos, mais as botas de inverno e ainda uns collants, vocês vão muito bem preparados para o frio e neve! Chato mesmo é o vento, quando há e é gelado, daquele que até nos faz chorar. Mas até isso faz parte da experiência de viver em New York!!!!

Blah.jpg

 

Baloiços

Playground.jpg

No inverno temos de andar sempre de olho na meteorologia! Precisamos de controlar a queda de neve, chuva, frio, muito frio, ventos gelados....

Caso haja algum dia da semana que vá nevar temos de ir ao supermercado antes disso e nos precaver pois podemos ter de ficar por casa uns dias sem poder sair.

Temos de estar ainda mais atentos à metereologia, por estes dias, já que o papá está na altura de muito trabalho e só tem tido um pouquinho das manhãs, enquanto se veste, para vos ver e aos domingos. Todos os outros dias o papá tem trabalho, muito e até tarde. Por isso não nos pode auxiliar em caso de uma simples falta de leite, ou manteiga, ou sal ou açúcar... entendem certo?

Mas e então hoje foi um dia que ficou nos recordes! 19ºC!!! Em pleno início de Fevereiro... extraordinário!!! E amanhã dizem que neva! De um dia para o outro passamos de t-shirts para botas de neve!!!

E para aproveitar o dia de hoje, fomos até ao playground (parque infantil) do Central Park. Já não íamos lá há um bom tempo.

Como estavam umas quantas pessoas, fomos só andar nos baloiços, que vocês adoram! E saíram dos baloiços directos para o carrinho pois com tanta gente assim eu não vos consigo controlar aos dois, quando um vai para a esquerda e outro vai para a direita!

Felizmente não fizeram birra quando vos voltei a pôr no carrinho, pareceu que entenderam a situação!

Mas conseguimos deixar os fatos de 'esquimó' em casa... ir com umas roupas mais leves, de calças de ganga... mostrar um pouco da vossa roupa gira que com o inverno acaba sempre por estar escondida ou nem sequer sair da gaveta e vai assim deixando de vos servir praticamente nova!

Apanhamos um solinho por entre as nuvens, não que tu, Liam, o aprecies muito já que te mostras incomodado quando ele te bate na cara...  

Dias assim são bons, são diferentes, dá para fugirmos um bocadinho à rotina normal que por estes dias gelados se instala! Vocês mal se mexem de tão esquimós e não é tão agradável para vocês os dias em que o vento nos faz chorar comparando com estes dias bons de sol quentinho que vos faz querer ver o mundo desde os pássaros a voarem aos helicópetros lá no alto a sobrevoarem-nos!

17 meses de piratinhas

5 meses.jpg

E que tal um ponto de situação?

Fazem hoje 17 meses... E o facebook lembra-nos desta foto que partilhámos pelos vossos 5 meses!!!!! 5 meses!!!!

O tempo passa e como vocês já cresceram e desenvolveram. Continuam a dar-nos vontade de vos apertar e encher de milhões de beijinhos essas vossas bochechas lindas, de vos fazer cócegas até o Jake ficar com soluços, de vos mordiscar esses pezinhos pequeninos, de receber esses beijinhos às vezes meio babados e de receber aqueles abracinhos que por vezes vocês nos dão com os vossos bracinhos à volta do nosso pescoço!!!!!

Hum tão bom, tão bom, tão bom! Por estes momentos esqueço de como por vezes gostava que vocês fossem pequenininhos outra vez, quando eram só meus... só do papá... e não do mundo inteiro... pode ser egoísmo... e então? Não tenho o direito de desejar lá no fundo que vocês ficassem para sempre debaixo da minha asa não!? Tenho! Que isso aconteça é que será difícil e verdade seja, não seria a melhor solução para vocês, uma mãe galinha!!

Bom, mas voltemos outra vez aos 17 meses, que a mamã por instantes viajou até aos 18 anos!

Continuam a falar! Imenso! Jake, tu então, falas pelos cotovelos e apontas para aqui e para ali e falas e falas e falas! Não percebo nada pois é para aí uma mistura de chinês, com 'espanholês' e 'bebezês', que traduzido sai tudo mais ao menos em 'ta ta tas'! Mas que falas, falas! Ou tentas!

Liam, tu também falas, à tua maneira, mas em menos quantidade que o Jake. Parece-me que aqui está mesmo em conformidade com a vossa personalidade (que começa a ficar definida). Jake sorri ao mundo sem olhar se está de chuva ou de sol e Liam primeiro analisa o mundo e decide se ele merece o seu sorriso ou não!

Mas palavras, palavras, não. Acho que dizem banana, já que dizem 'nhanhanha' e apontam na direcção da banana. Mas também podem estar a pedir água, já que os vossos copos estão na mesma direcção da banana! Continuam a imitar o som do cão que se reflecte em outros animais, imitam o som da cobra, 'dada' (para papá) e 'mamã' têm repetido mais vezes, a olhar para nós ou a ir na nossa direcção ou até quando olham para fotografias nossas pelo que acho que estão no bom caminho para nos reconhecerem como vossos pais! Finalmente!  Podem não dizer mais nada, mas ao menos que chamem por nós, já que temos tanto orgulho e trabalho com vocês é o minímo, certo rapazes?

Às vezes parece que dizem algo parecido a 'onde está?'... já que o dizem quando não sabem um do outro ou de algum brinquedo. A seguir perguntamos onde está o mano e vocês saem em busca do mano escondido... ou quando vocês na brincadeira escondem qualquer brinquedo e se viram para nós de mãos abertas palmas viradas para cima e dizem 'um tá?' Ou então 'ma' possivelmente para toma já que é coincidente com estarem a dar-nos algo...

Já vos contei que estão cada vez mais interessados nos livros, nem que seja para os ler de cabeça para baixo. De facto têm andando interessados em 'lê-los', apontar às imagens, carregar nos botões para ouvir os sons, passar o dedo para sentir o pê-lo dos animais ou objectos, imitar os sons (que acabam todos por parecerem cães, menos a cobra! Essa imitam bem!) bater com eles na mesa, atirá-los ao chão, roubá-los um ao outro, estragar lombadas, por aí a fora!

Livros estragados.jpg

Continuam a mandar beijinhos e a dizerem adeus quando vos apetece e não quando vos pedimos! Muitas das vezes depois de desligarmos dos avós é que vocês dizem adeus ou vêm ao telefone para mandar beijinhos! Não adianta, parece que vocês vão mesmo ter mau feitio, quer dizer um feitio muito particular...

O 'high five!' ou em bom português o 'dá cá mais cinco!' vocês já o fazem há algum tempo a nós ou num dia bom a quem vos pede... mas agora começaram a dar um ao outro. Que coisas mais fofas. Por vezes Jake deixas o Liam um tempo pendurado com o braço lá no alto até te decidires a levantar o teu e bateres na mão do mano, mas é giro de se ver pois depois de baterem as mãos batem às palmas felizes com vocês mesmos!

Hi Five.jpg

Liam, continuas nas tuas várias tentativas ao dia de entrares para dentro da casa de banho ou quarto ou de saíres porta fora! Na porta da rua não há crise, pois tenho-me lembrado de trancar a porta... as outras portas, vamos lá a dentro de vez em quando, vocês exploram um pouco... bagunçam um pouco... mexem em todo o lado... para ver se perdem o fascínio... mas está difícil... continua a ser a vossa 'maçã' proibida e desejada! Numas dessas vezes lá encontram as vossas botas que são as únicas que estão desarrumadas pois são as únicas que vocês agora usam e teimam em que as querem calçar! De pijama!!! Ficam o máximo, de pijama e botas, ui nem vos digo, só vos mostrando! Mas lá andam um pouco e depois tiro-vos pois ficam a transpirar dos pés!

Quarto.jpg

Botas e Pijama.jpg

Continuam a brincar às escondidas! No meio da sala toda bagunçada de brinquedos vocês brincam às escondidas ou à apanhada! Ora corre um casa fora atrás do outro ora trocam e, normalmente eu sou o gigante que vos salva do mano que está em perseguição pois vêm se agarrar às minhas pernas ou se estiver sentada no chão dão aqueles abracinhos bons que não vos largo mais!

Escondidas.jpg

Acho que todas as crianças passam por uma fase de se quererem esconder e de improvisarem tendas. Assim estão vocês neste momento. E a vossa tenda é a mesa da cozinha! A brincadeira começou contigo Jake, e o Liam seguiu-te. Vão lá para baixo, sentam-se e puxam as cadeiras para vocês como que a fecharem 'portas'!!!!

A tenda.jpg

Continuam também (e acho que será uma coisa para a vida!) a roubar brinquedos um ao outro! Às vezes não sei de que adianta termos brinquedos em duplicado se vocês querem exactamente o mesmo! E por norma Liam, tu queres sempre o que o Jake tem. E se não consegues desatas a correr e deitas-te no chão ao pé da porta da rua a chorar (excelente sitio para chorar desalmadamente, porque como se já não houvesse barulho suficiente nesta casa ainda vais para a porta chorar como que a pedir socorro!!!!!!!). Mas choras de birra já que às vezes nem lágrima sai! E depois quando isto acontece é muito giro ver a reacção do Jake. Olhas para mim, dizes 'Oh!' e eu digo-te para ires fazer uma festa ao Liam e lá vais tu. Chegas ao pé do Liam, pões-te de cócoras e dizes para ele 'ta ta ta ta' e fazes uma 'festa' nas costas dele! O Liam às vezes para de chorar outras vezes não e lá vens tu embora a resmungar por entre 'ta ta tas'....

Mas a vantagem continua a mesma, Jake, na maioria das vezes não te importas se o Liam quer o que tu tens. Arranjas alternativa ao que ele te tira. Já a ti, Liam, é mais difícil pois não queres alternativa, queres o que o Jake tem e mais nada!

Mas às vezes, claro, o Jake também quer algo que tu tens Liam. E tu foges dele com o brinquedo na mão. E tu Jake vais atrás dele num choro chato de se ouvir. E o Liam foge e tu vais atrás dele. E andam em perseguição um tempo. Até que tu Liam, passas por um brinquedo qualquer e apanha-o e estendes para o Jake. Por vezes funciona essa tua técnica de distracção. Por vezes não. Por vezes o Jake também quer o mesmo brinquedo que tu tens e pronto! É uma chatice! E tu Liam és um matreiro pequenino já cheio de manhas!!!

Tudo mesmo continua a servir de brincadeira. Sejam os sacos de plástico do supermercado, as luvas ou gorros que tiram da gaveta, as espreguiçadeiras (que embora já vos fiquem pequenas ainda são de grande utilidade!)... mas claro que as espreguiçadeiras às vezes têm um duplo sentido, de brincadeira e de vos dar a altura que vocês precisam para chegarem onde não devem...

Jake.jpgLiam.jpg

Falam ao telefone! Põem-no no ouvido, ou no pescoço, ou na cabeça e ficam à espera que alguém fale do lado de lá. Contudo na era em que estamos neste momento (nem imagino como será na era em que vocês estiverem a ler isto, talvez através de um computador em holograma!) fazemos muito mais video-chamadas do que chamadas de voz... mas lá chegarão!

Sempre vimos e ouvimos que entre irmãos há sempre aquelas pequenas lutas de judo. Em que um dos irmãos é o constante vencedor e que amassa sempre o outro. E entre irmãos rapazes ainda pior, é o que dizem pelo menos. E estava de certa forma a contar que isso acontecesse. Mas esperava que fosse mais tarde! Mas não. Claramente Liam nasceste para o judo pois volta e meia lá estás tu em cima do Jake, prende-lo por uma perna ou um braço, aproximas-te dele com a cabeça para miminho ou de braços abertos para um abraço e de repente já o estás a 'apertar' pelo pescoço (não com grande força, claro, se bem que para um bebé de 17 meses tens força a mais!), ou simplesmente aproveitas que o Jake está deitado no chão a brincar e te deitas em cima dele... Claro que na maioria das vezes lá começas, Jake, a resmungar, ou gemer, ou chorar, ou gritar pois estás a ficar apertado e a perder o combate! Acho que da próxima vez que formos a Lisboa tenho de pedir à prima Alexandra (grande judoca do sporting vencedora de vários primeiros lugares) para te ensinar uns truques, Jake. A ver se ela te ensina como fazer um ippon ao Liam!!!! 

Judocas.jpg

E cá continuamos na nossas aventuras e vocês nas vossas descobertas! Uma cabeçada aqui, outra acolá, uma ferida aqui outra ali e tudo isso faz parte de ser criança, de ser rapaz, de se ser traquina, e de se descobrir o mundo em plenitude!!!!!

Curiosidades

Twins.jpg

Ainda vocês não chegaram à idade dos porquê e já nós nos cansamos de responder a perguntas... 

São gémeos...?!?! É uma pergunta que ouvimos quase diariamente!

Quando as pessoas se cruzam connosco na rua e olham para vocês recebemos as mais variadas expressões e comentários! Estranho como parece que as pessoas nunca viram gémeos e têm necessidade de comentar o que pensam disso!

Farto-me de ver carrinhos de gémeos nos nossos passeios. Sim, a maioria de carrinhos duplos são de irmãos de diferentes idades, mas ainda assim reconheço alguns de gémeos. Será que essas pessoas fazem a mesma pergunta aos outros pais com quem se cruzam? Não se cansam?

Acho-vos muito engraçados e gémeos sempre despertou ainda mais curiosidade é verdade! Duas pequenas crianças, umas mais iguais que outras, vestidas de igual ou não... Mas ninguém pensa nos pais... Ninguém pensa quantas vezes temos nós de responder à mesma pergunta vezes a fio!!!!

* 'São gémeos?!' - Não! Você bebeu demais e está a ver a dobrar! É o que às vezes me apetece dizer. Claro que ao invés disso respondo: Sim são!!!!!!

* 'Um menino e uma menina???' - 'REALLY??? A SÉRIO???? NÃO, são dois meninos!!!!!!' Eu visto-vos quase sempre parecidos. Nem sempre de igual. Às vezes as calças são iguais mas a parte de cima são de cores diferentes; Os gorros são iguais, mas os casacos são diferentes; Enfim, mas cor-de-rosa não faz parte da vossa extensa colecção de roupa!!! Cor de laranja não é exclusivo de menina, gente!!!!!!!!!!!

* 'Quantos meses têm?' - Às vezes nem sei a que dia da semana estou quanto mais a que mês para fazer as contas à vossa idade... é que na minha cabeça têm 1 ano, tal como eu tenho 30 e uns quantos! Esqueço-me que os meses ainda são relevantes para vocês! Mas esta pergunta não deixa de ser pura curiosidade das pessoas que perguntam, pois na maioria das vezes vem acompanhada com outros comentários... 'ah estão grandes para a idade' OU 'ah dava menos meses' OU 'parecem ter mais meses' OU 'já andam?' OU 'ja falam!' por aí a fora....

 * 'São seus????' - Pronto, nesta pergunta até aceito porque com a quantidade de babysitter e amas que existem nesta cidade a probabilidade de eu não ser mãe dos meninos que estou a passear é grande!

* 'São gémeos verdadeiros ou falsos?' - Falsos, ou melhor dizendo fraternos! 'Ah, a sério?' - Não, estou a mentir só para gozar consigo! 'São tão parecidos!' - São parecidos, sim são, são irmãos primeiro que tudo, podem ter parecenças, não precisam de ser gémeos verdadeiros!

* 'Fez algum tratamento não?' - Não! Sabe aqueles casos raros em que quando se tem gémeos na família directa normalmente pode calhar ter gémeos também?! Pois, a minha mãe era gémea por isso de forma naturalíssima eu tive gémeos! Nem tudo o que é diferente tem de ser criado de forma diferente. Porque se assume logo isso? Além de que é uma pergunta demasiadamente pessoal se efectivamente se teve dificuldades na concepção destes pequenos seres...

* 'Parto normal?' - Não!! Tive gémeos mas não foi por castigo foi uma bonita benção, por isso não tenho que sofrer mais do que aquilo que um parto já exige! Cesariana! Nasceram lindos, perfeitos sem dor ou stress com 2 minutos de diferença entre eles! Não sou menos mãe deles nem menos mulher!

* 'Mas tem gémeos na família?' - Não que tenha muito a ver com isso, mas sim tenho. A minha mãe era gémea (sim a avó Lora teve uma irmã gémea por uns dias. Acabou por falecer pois os tempos eram outros e a pequenina não resistiu!) por isso como 'reza' a história salta uma geração e por isso calhou-me (e bem) a mim (a nós!)!

* 'Tenho uns sobrinhos gémeos!' OU 'Também tenho gémeos na família!' OU 'Também tenho filhos gémeos!' OU 'Eu tenho um irmão/irmã gémeo(a)!' OU 'Gostava de ter gémeos!' - BOA!

Ok, quando me dizem que têm filhos gémeos, ou que são irmãos gémeos, sou mais atenciosa. Porque lidam de perto com o mesmo caso que nós, não é só pura curiosidade. Às vezes falam-nos em solidariedade às duplas noites sem dormir, às duplas canções de choros, etc, etc, etc. Com esses até aproveitamos para tirar algumas dúvidas e às vezes falar um pouco mais porque não estão simplesmente curiosos!!!!

Houve um sr. 'fofinho' que em Boston passa por nós num dos nossos passeios e me diz 'também tenho dois!' e eu pergunto 'meninos?' e ele responde 'são um casal, mas não são gémeos!' E eu fiquei a sorrir para ele a vê-lo afastar-se de nós também a sorrir. Perguntei cá para comigo qual a necessidade deste sr. me ter dito aquilo? Eu não me estava a queixar a ele por ter 2 filhos!!!!! Acha que lá por sermos pais de gémeos sofremos mais que os outros pais e por isso sentiu-se na obrigação de me dizer que não somos únicos???? Sinceramente não percebi.... Sinceramente não sofremos nem mais nem menos que outros pais. Cada um sabe da sua vida e das suas dificuldades. E tem dias que são bons outros menos bons, tal e qual outra qualquer família com ou sem filhos, com 1, 2, 3 ou mais filhos!

* 'Double the trouble!' É o que mais ouvimos, assim num ligeiro sorriso malicioso! Que quer dizer 'O dobro do trabalho!'. Ao que respondemos na maioria das vezes 'Double the fun!' > 'O dobro do divertimento!' É óbvio que gémeos dão trabalho. Mas também dois filhos em idades diferentes dão trabalho. Porque não dizem a essas pessoas também que têm o dobro do trabalho, porque na verdade também o têm!!!! Porque só aos gémeos e pais de gémeos é giro dizer estas piadas? Principalmente difíceis de rir em noites mal dormidas!!!!

Também já houve umas vezes, algumas pessoas, quando vocês ainda andavam nos ovos, que ao olhar ao carrinho exclamam com uma cara quase de horror 'Trigémeos!!?!' Dá vontade de dizer 'Sim mas deixámos um em casa, é o que chora mais!' O carrinho é comprido, mas não exageremos!!!!

Já para não falar nos locais onde vamos mais do que uma vez e todas as vezes a mesma pessoa nos pergunta 'São gémeos?!'.....

Depois a par dos comentários temos as expressões e reacções das pessoas!

Há os que sorriem... Há os que ficam a olhar espantados... Os que dizem em voz alta sem se darem conta 'Oh meu Deus!'.... ou 'Credo!'.... uma senhora já me disse que ter gémeos é algo impensável... os que dizem que vocês são fofinhos... os que apenas arreguilam os olhos....

Enfim, é algo a que nos acostumamos a aceitar mas ainda assim de vez em quanto cansa! Mas na maioria das vezes, se não todos os dias, em todos os nossos passeios diários, algums das pessoas com quem nos cruzamos na rua nos sorriem como que quem diz 'Deus vos abençoe', a vocês meus eternos bebés lindos, a vocês!!!!!

(Qualquer das formas acho que vou colocar algures no carrinho o amuleto grego olho azul. Não somos gregos, mas somos mediterrânicos (bem vocês metade pelo menos) e não custa nada e se afastar algum invejoso, melhor!)